sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Deputado Othelino Neto 
O editor do blog recomenda como opção nas eleições que se aproximam o candidato a deputado estadual Othelino Neto (PCdoB).

        
        Em apenas dois anos, Othelino foi um dos parlamentares mais atuantes da Assembleia Legislativa. 

    Da bancada de oposição na Casa, Othelino denunciou os desmandos da administração Roseana Sarney, criticou com embasamento o descaso instalado em diversos setores do governo e, sobretudo, desnudou bravamente os atos de corrupção da filha do senador José Sarney.

       De postura firme e corajosa, na Assembleia Legislativa o deputado foi autor do requerimento que instalou a CPI dos combustíveis, tornando-se presidente da comissão parlamentar que investiga a formação de cartel pelos postos de combustíveis e os aumentos abusivos nos preços. Othelino foi o idealizador da audiência pública para discutir a carência dos serviços prestados pelas empresas de ferry boats e autor da lei que isentou os estudantes do pagamento da taxa de inscrição no Pases/Uema.

      Foi de autoria dele também o projeto de lei que insere assistentes sociais e psicólogos na rede estadual de ensino. Elaborou ainda projetos de combate do trabalho escravo no Maranhão, de gratuidade para estudantes no transporte intermunicipal com o Fundo Estadual do Passe Livre Estadual e Projeto de Resolução que institui a Frente Parlamentar de Defesa da Pessoa com Deficiência.

           Por todas essas ações desempenhadas com louvor em pouco tempo de mandato é que o deputado Othelino Neto, nome combativo, merece continuar na AL para ajudar, caso eleito, Flávio Dino no governo.


quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Othelino Neto "Maranhão bate recordes negativos"

Roseana e Lobão têm levado o Maranhão às páginas policiais do país, diz deputado 


O deputado estadual, Othelino Neto (PCdoB), disse, na sessão desta segunda-feira (15), que o Maranhão vem batendo recordes negativos por conta da governadora Roseana Sarney e do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, que agora se destacam, nacionalmente, nas páginas policiais. O parlamentar citou as revistas Época, Veja e IstoÉ que trazem os dois como citados e enrolados em um depoimento do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa.

“Olhem no que transformaram o Maranhão. Escândalos sucessivos e, pior, os dois permanecem em um silêncio, sem sequer explicar e sem apresentar à sociedade brasileira e maranhense uma explicação para isso. A governadora continua calada e agora resolveu andar o Maranhão, tentando cooptar lideranças e tem escutado coisas que não gostaria. Tem colhido os frutos do péssimo governo que impõe aos maranhenses”, disse Othelino Neto.

Othelino voltou a citar, na tribuna, a cena de uma senhora de Icatu que, de forma respeitosa, porém veemente, cobrou da governadora as ações do governo do Estado lá no município. O deputado disse que Roseana esteve, recentemente, em Primeira Cruz também tentando cooptar lideranças em troca de obras e promessas.
Conduta vedada

O deputado disse que, em Icatu, Roseana cometeu conduta vedada clara e explícita porque disse que iria ajudar a comunidade, mas queria que as pessoas votassem no candidato dela. “A atitude já virou uma nova representação, em função disso ser, claramente, conduta vedada pela Legislação Eleitoral, abuso de poder político”, afirmou.

Segundo Othelino, a governadora, que está deixando o Estado jogado como se fosse um navio sem o seu comandante, agora resolveu sair fazendo campanha pelo Maranhão, enquanto o Estado está largado às traças. “Pedrinhas está de novo no noticiário nacional. Imaginem, primeiro eram seis presos, depois se descobriu que eram 36. Agora, um dos diretores do presídio estava envolvido, acabou sendo detido. Ou seja, o Maranhão está entregue a um governo que jogou o Estado em qualquer lugar”, frisou.

O deputado do PCdoB disse que está acabando o tempo do Maranhão figurar nas páginas policiais. “Está terminando o tempo da vergonha permanente. A governadora tem sido destaque em todos os escândalos que acontecem no país”, comentou.






quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Jesiel e Paulinha em Morada Nova.

No ultimo domingo (31) Jesiel Araujo e a ex prefeita Paulinha estiveram juntos em encerramento da festa anual do padroeiro São Raimundo Nonato no povoado Morada Nova no município de Monção.

Jesiel Araujo e Paulinha
(ao centro)



  No evento teve várias programações como bingo de duas novilhas doadas pela fazenda Três Marias do Grupo Claudino na pessoa do Senhor João Bosco. 
    O encerramento se deu com a tradicional  missa celebrada pelo Padre Firmino de Monção.


Abaixo Mais imagens do evento:

Dona Maria (mãe da ex prefeita),  Edilson e Edmilson (Irmãos)
Ao fundo João Bosco (gerente das empresas Claudino)





















Vejam o vídeo da missa:
video

terça-feira, 26 de agosto de 2014

VERGONHA!!!!!!!!

Eu tinha varias paginas de indignação e vergonha pra falar sobre esta foto, porém uma imagem as vezes "fala" mais que mil palavras, então direi apenas que isso sirva de exemplo para que nossos filhos não trilhem tais caminhos!!! E por fim, deixarei o nosso ilustre ex ministro do STF Joaquim Barbosa com a palavra. 





























"O caráter de alguém para mim não esta na cara, na altura, na cor da pele, na força, ou na razão social.

Esta rara qualidade só existe em homens justos, dignos, que honram suas raízes e acima de tudo tem o seu valor. Nada nem ninguém pode comprar um homem integro e honesto.”


Joaquim Barbosa




terça-feira, 15 de julho de 2014

Agora vai! Othelino Neto cobra asfalto firmado em convênio para povoado de Monção

Othelino denuncia que a primeira parcela do
convênio já foi liberada e até agora nada
de iniciar as obras
O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) cobrou da Prefeitura de Monção, na sessão desta terça-feira (15), a chegada de asfalto para o povoado Castelo, no município de Monção, que foi garantido por meio de convênio firmado com o governo do Estado. Segundo o parlamentar, a primeira parcela dos recursos já foi liberada e, até agora, não foi iniciada nenhuma obra.

“Há meses, o convênio foi assinado e a primeira parcela dos recursos foi liberada, mas, até agora, o asfalto não chegou ao povoado Castelo, que é o segundo, aliás, é o maior do município de Monção, onde se discute a possibilidade de emancipação. No entanto, infelizmente, apesar do convênio ter sido feito e do primeiro repasse ter sido realizado, a população ainda não teve o benefício da pavimentação asfáltica”, lamentou.

Segundo Othelino, a rua principal do povoado, que era a única que tinha asfalto, está totalmente esburacada. O deputado disse que recebeu de lideranças, por meio do Facebook, reclamação de cidadãos e cidadãs comuns de que, infelizmente, o benefício não chegou ainda àquele povoado.

O deputado conclamou a Prefeitura de Monção para que cumpra com o seu dever de aplicar os recursos que já recebeu para benefício da população. “Fica aqui a cobrança e até peço ao deputado Eduardo Braide (PMN) para que interceda, junto à Prefeitura, para que esses recursos possam atender ao seu objetivo que é a pavimentação do povoado Castelo e a melhoraria, naturalmente, da qualidade de vida daquelas pessoas”, disse.

DO BLOG DO GARRONE

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Aguenta Monção! A farra continua, mais contratos milionários da gestão Queiroz.

Monção, na visão de Queiroz de tudo se pode fazer. O povo e a justiça parecem estar inertes assistindo aos desmandos do desmantelo administrativo do seu governo. Como diz o ditado: "onde não tem onça, veado (animal silvestre) pula e escaramuça".


Esse foi o destaque de hoje no blog do Luis Cardoso:

















Mais um contrato com ‘suspeita’ de superfaturamento no município de Monção, há 243 km de São Luís.



A prefeitura, através do gestor João de Fátima Pereira, o “Queiroz’, firmou um mega contrato com a empresa L C P Farias e Cia Ltda.-EPP no valor deR$ 2.686.000,00 (Dois milhões, seiscentos e oitenta e seis mil reais). A prestadora de serviços vai receber essa quantia para locar veículos e máquinas pesadas para executarem trabalhos na cidade.

Nessa semana mostramos mais um valor altíssimo extraído dos cofres públicos direcionados a duas empresas. Em contratos distintos, ambas receberão em torno de R$ 3,5 milhões para fornecer materiais de ‘consumo’ e permanente ao município. (Reveja aqui a matéria)

Abaixo você vai ver a publicação do Diário Oficial do Estado do Maranhão, do dia 18 de Junho de 2014, com a resenha do contrato acima referido, para locação de veículos em Monção. Veja!

Informações do Blog do Luis Cardoso

terça-feira, 1 de julho de 2014

ABSURDO NOVAMENTE EM MONÇÃO


Mais de R$ 3,5 milhões são gastos pela Prefeitura de Monção com material de ‘consumo’ e permanente!


João de Fátima Pereira - Prefeito de Monção
Isso mesmo, você não leu errado, R$ 3.500.000.00 (três milhões e quinhentos mil reais) serão gastos pela prefeitura de Monção apenas com material de consumo e permanente. Como de praxe e acreditando que ninguém estaria vendo no dia 24 do mês de Junho, em pleno São João foi publicado no Diário Oficial do Estado do Maranhão mais este ato de desrespeito contra o povo de Monção!

Em contratos distintos, duas empresas vão receber um valor bem alto para fornecer materiais de ‘consumo’ e permanente ao município, algo em torno de R$3,5 milhões.

A primeira contratada foi a E. Marques Pereira ME. A empresa, que leva o último nome do prefeito de Monção, João de Fátima Pereira, citado no contrato, fica localizada na Cidade Operária em São Luís. Para ela, a Prefeitura vai pagar R$ 1.624.000,00 (Um milhão, seiscentos e vinte e quatro mil reais) pelo fornecimento de materiais permanentes às secretarias municipais durante oito meses.

A segunda empresa é a Euro Comércio de Eirele -ME, que vai receber um pouquinho mais que a outra: R$ 1.960.486,09 (Um milhão, novecentos e sessenta mil, quatrocentos e oitenta e seis reais e nove centavos). Esta vai fornecer ao município, durante oito meses, material de ‘consumo’ (???).



Os valores citados foram extraídos das resenhas de contratos publicadas no Diário Oficial do Estado do Maranhão, no dia 24 de Junho de 2014. Veja abaixo.